Estudo aponta que o número de mortes reais pelo Covid-19 na China pode ser de 1 milhão e 700 mil

O número de mortes pelo Covid na China pode ser mais de 300 vezes maior do que o oficialmente relatado por Pequim, isso segundo uma investigação pelo jornal britânico The Economist.

O número de mortes na China pode ser de um milhão e setecentos mil mortes ao invés de quatro mil e seiscentos, que é o número oficialmente divulgado pelo governo chinês.

Para chegar a esse número, o The Economist desenvolveu um programa que calcula o número de mortes em excesso ou não naturais, para cada dia desde o início da pandemia. O jornal fornece links para os interessados em verificar a metodologia.

Além da investigação do The Economist, há outros dois indicadores de que a China pode não estar notificando mortes pelo vírus. É o que George Calhoun, diretor do programa de finanças quantitativas do Stevens Institute of Technology.

“Como é que a China não relatou uma única morte pelo vírus nos últimos dois anos?”

“Desde quinze de abril de dois mil e vinte, a China relatou zero mortes por Covid no território continental”

“Eu acho que isso é impossível, afirmou George, é medicamente impossível, estatisticamente impossível e lembre, em 2020 não havia vacina, não tinha tratamento, então você tem uma população desprotegida que apresentou zero mortes por Covid? E isso com dezenas de milhares de casos?”

As nações Unidas compilam dados de mortes anuais independentemente da causa, de todos os países do mundo.

De 2019 até 2021, a China teve um aumento inesperado e gigantesco no número de mortes, Calhoun diz ser outro indício de possível subnotificação de mortes pelo vírus:

“A tendência era estável para a China em termos de aumento desse número anualmente por dez anos, e de repente aumenta quatro vezes em 2019 e fica lá em cima novamente em 2020 e novamente em 2021. É só fazer as contas e tem cerca de um milhão de mortes nesses três anos a mais do que a tendência esperada. Então aconteceu alguma coisa que causou um milhão de mortes extras na China nesses três anos.”

Calhoun disse que as autoridades terem informados zero mortes, pode ser resultado da ordem “Covid Zero” de Pequim. Isso também levou autoridades a impor lockdowns rígidos em cidades populosas, mas os lockdowns pode estar prejudicando a economia da China.

Segundo uma pesquisa de uma universidade em Washington, a China é o único país do mundo que não forneceu dados completos sobre mortes não naturais durante o período de pandemia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s